.
em foco...
Brasil – África, Política

Brasil perde mercado para os turcos em Moçambique

AK PARTI GENEL BASKANI VE BASBAKAN RECEP TAYYIP ERDOGAN

A politica externa brasileira ainda é incerta  para alguns paíse muito importantes, como Moçambique, deferentemente da Turquia, que apesar de todos os problemas políticos faz grande investida d negócios em Moçambique.É

 

É difícil entender o abandono que a politica externa  está tendo em relação aos países africanos,  nenhuma visita importante foi realizada pelas autoridades brasileiras desde o governo Lula.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, chega esta noite a Maputo, para uma visita de Estado de dois dias ao nosso país.

Recep Tayyip Erdogan, que preside a Turquia desde Agosto de 2014, é o primeiro chefe de Estado daquele país a visitar Moçambique. Localizado entre a Europa e Asia, a Turquia tem relações comerciais e diplomáticas com Moçambique desde 1975, mas essa ligação só cresceu nos últimos anos.

Para se ter uma ideia, a Turquia está na lista dos 10 maiores investidores no país, o volume das trocas comerciais ascendeu, em 2015, aos 120 milhões de dólares norte-americanos, contra cinco milhões em 2003.

De acordo com um comunicado publicado no site da Presidência da República, “a visita do presidente turco ao nosso país decorre no quadro do aprofundamento das relações de amizade e de cooperação existentes entre Moçambique e a Turquia, e será uma ocasião para passar em revista as relações bilaterais e perspectivar o futuro das mesmas, particularmente no domínio económico e comercial, onde ambos países possuem vantagens comparativas ainda por explorar”.

Os negócios vão preencher maior parte da agenda de visita do líder turco. Erdogan vem com uma delegação de 150 empresários e três ministros de pastas importantes, com destaque para Economia e Energia. Está previsto a realização de um Fórum de Negócios Moçambique-Turquia e a assinatura de acordos bilaterais.

Sétima principal economia da Europa e uma das 20 maiores do mundo, o motor da actividade econômica da Turquia é a agricultura, indústria, comércio e turismo.

Lembre-se que o actual presidente da Turquia sobreviveu a uma tentativa de golpe de Estado em Julho do ano passado, onde morreram 265 pessoas, entre elas 104 militares golpistas e 47 civis. A visita a Moçambique enquadra-se num périplo ao continente africano com passagem pela Tanzânia e Madagáscar.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: