.
em foco...
Angola, Brasil – África, Economia

Governo angolano espera que Brasil retome linha de crédito

temer_manuel-vicente_agencia-brasil-620x386
 
 
 
O ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, referiu que durante a cimeira da CPLP abordou o assunto com o seu homólogo brasileiro, além da delegação angolana ter sido recebida pelo Presidente do Brasil.
Governo angolano espera que Brasil retome linha de crédito
Reuters
 
O governo angolano espera que o Brasil retome, como nos anos anteriores, a linha de crédito para Angola, afirmou hoje o ministro das Relações Exteriores de Angola.
 
temer-e-manuel-vicente“Nós queremos esperar que o Brasil consiga honrar os seus engajamentos que permitiram durante os anos anteriores criarmos uma linha de crédito que era financiada por Angola”, disse Georges Chikoti, em declarações à rádio pública, quando procedia ao balanço do ano.
 
O governante angolano referiu que durante a cimeira da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), abordou o assunto com o seu homólogo brasileiro, além da delegação angolana ter sido recebida pelo Presidente do Brasil, Michel Temer.
 
Segundo o chefe da diplomacia angolana, Angola exprimiu as suas preocupações no encontro.
 
“Relativamente à nossa preocupação, claro que há algum atraso que o Brasil tem relativamente aos nossos projectos de cooperação”, indicou o governante angolano.
 
Georges Chikoti realçou que o Brasil “vai fazer o melhor para que possa corresponder à altura” das relações entre os dois países.
 
“Mas Angola, do seu lado, tem estado a honrar aquilo que são as relações com o Brasil”, disse.
 
Acrescentou que com os atrasos da parte brasileira, várias empresas daquele país também sofreram com a situação.
 
“Mas temos a esperança que os próximos encontros dos técnicos angolanos dos Ministérios das Relações Exteriores e das Finanças, que vão estar a olhar para estas questões, poderá permitir um encontro eventualmente a um nível mais alto, ministerial ou presidencial para podermos efetivamente relançar aquilo que é a nossa relação bilateral com o Brasil”, apontou.
 
Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: