.
em foco...
PALOP, Política

Graça Machel pede o “impensável”

«Coragem para fazer o impensável». Eis o pedido da ativista Graça Machel às lideranças políticas moçambicanas para alcançar uma paz duradoura no país. Alguém a escutará?

Moçambique precisa de reinventar os seus modelos

A ATIVISTA MOÇAMBICANA GRAÇA MACHEL acusou o anterior Presidente Armando Guebuza de ser o principal responsável pelo conflito político-militar que opõe o Governo ao partido Renamo, por se ter afastado da postura dialogante do seu antecessor, Joaquim Chissano. «Se nós tivéssemos persistido nos princípios e na maneira dialogante que caracterizou a liderança do Presidente Chissano provavelmente não teríamos este atual conflito», afirmou Graça Machel, falando a 14 de setembro durante um seminário organizado pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI), em Maputo.

Depois de sublinhar que a governação de Guebuza, que sucedeu a Chissano em 2005, foi marcada, supostamente, por uma postura «pouco tolerante e fechada», Graça Machel afirmou: «O problema está aí e agora a ‘batata quente’ passou para as mãos de alguém que é quase da vossa geração [Filipe Nyusi, atual Presidente moçambicano]».

Para ela, a crise política em Moçambique só pode ser ultrapassada quando as lideranças políticas ganharem «coragem de fazer o impensável». Assim, acrescentou, Moçambique precisa de reinventar os seus próprios modelos, respeitando a dinâmica e as exigências de novos tempos, dentro de clima de tolerância e transparência para garantir o futuro dos moçambicanos. «Precisamos de sonhos comuns», afirmou.

LEONARDO NHASSONGE

http://www.africa21online.com/artigo.php?a=21929&e=Pol%C3%ADtica&click=yes

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: