.
em foco...
Economia, PALOP

São Tomé e Príncipe: entre investimentos e endividamento


São Tomé e Príncipe: Governo do Príncipe pode declarar estado de calamidade

São Tomé e Príncipe: Governo do Príncipe pode declarar estado de calamidade

FMI diz que endividamento deve parar.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) terminou nesta terça-feira, 27, a segunda avaliação da situação macroeconómica em São Tomé e Príncipe e concluiu que o desempenho do Governo do arquipélago é satisfatório, mas advertiu que deve respeitar o saldo fiscal primário interno e o nível das reservas internacionais liquidas.

Para os técnicos do FMI, esses dois critérios de desempenho macroeconómicos não foram cumpridos devido a antecipação de algumas despesas internas primárias durante o período pré-eleitoral e aos atrasos nos desembolsos do financiamento externo.

Por isso, recomendou um maior rigor no endividamento do país.

Para os economistas Adelino Castelo David e Zeferino de Ceita a posição do FMI é compreensível não obstante a necessidade de criar infraestruturas para promover o crescimento económico.

David e Ceita fazem uma análise idêntica da situação e dizem que o FMI pretende afastar São Tomé e Príncipe de dívidas que não geram riqueza.

O chefe da missão do FMI, Max Well Opoku-Afari, reconhece que São Tomé e Príncipe precisa de investimentos para construir infraestruturas mas explica que é necessário encontrar mecanismos de financiamento que não endividam ainda mais o país.

http://www.voaportugues.com/a/especialistas-advertem-sao-tome-e-principe-endividamento/3528698.html

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: