.
em foco...
Angola

Angola muda ministérios estratégicos

 

O Presidente da República procedeu ontem à exoneração do ministro das Finanças, Armando Manuel, e da Agricultura, Afonso Pedro Canga, e nomeou para os seus lugares, Archer Mangueira e Marcos Alexandre Nhunga.

Archer MangueiraArcher Mangueira

Economista de formação, Archer Mangueira era, até à data, o presidente do conselho de administração da Comissão de Mercado de Capitais. Antes foi assessor econômico do Presidente da República e, depois, vice-ministro do Comércio.
Com 54 anos, o novo ministro das Finanças é licenciado em Economia pela Escola Superior de Economia “Bruno Leuschner”, em Berlim-Alemanha, e tem três pós-graduações: Finanças Públicas, Macroeconomia, Microeconomia e Econometria, em Luanda, em Gestão de Empresas, em Paris, e em Macroeconomia, através do Banco Mundial e FMI, em Lisboa-Portugal.

Já ocupou igualmente o cargo de presidente da Federação Angolana de Andebol. O novo ministro da Agricultura, Marcos Alexandre Nhunga, é quadro do setor e foi director do Instituto de Desenvolvimento Agrário. O Chefe de Estado exonerou ainda Edeltrudes Costa, do cargo de ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, e Manuel da Cruz Neto, do cargo de secretário-geral do Presidente da República. O Presidente José Eduardo dos Santos nomeou Manuel da Cruz Neto para ministro e Chefe da Casa Civil do Presidente da República e Edeltrudes Costa para secretário-geral do Presidente da República.
Advogado e professor universitário, Edeltrudes Costa ocupava o cargo de ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República desde Outubro de 2012. Antes, foi membro da Comissão Nacional Eleitoral e já esteve no Executivo como um dos três vice-ministros da Administração do Território, ocupando-se das questões eleitorais.
O antigo ministro de Estado e Chefe da Casa Civil acumulava como coordenador adjunto da Comissão Interministerial para o Processo Eleitoral (CIPE).
O novo ministro e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Manuel da Cruz Neto, ocupava o cargo de secretário-geral do Presidente da República desde Maio de 2013. Antes, foi vice-ministro do Comércio e vice-ministro das Finanças.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: