.
em foco...
Angola, Brasil – África

Rio2016: Manuel Vicente, vice presidente, destaca importância da “Casa de Angola” no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro (do enviado especial) – O Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, considerou hoje (sábado) importante que a comunidade angolana na diáspora esteja por dentro da realidade do país, realçando que a inauguração da Casa de Angola na cidade do Rio de Janeiro tem um significado especial.

 

Manuel Vicente, que se encontra no Brasil por ocasião dos Jogos Olímpicos Rio2016, em representação do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, disse que a partir de hoje os compatriotas na diáspora têm, pelo menos, um lugar, para se inteirarem da realidade do país.

“Quando digo inteirar da realidade angolana, é poder acompanhar os progressos e também inteirar-se das dificuldades que estamos a enfrentar. É preciso não escondê-las, é preciso reconhecê-las e enfrentá-las”, afirmou o Vice-presidente da República.

Mostrou-se convicto de que a Casa de Angola no Rio de Janeiro servirá também de ponto de encontro de “muitos desencontrados”, encorajando os mentores desta iniciativa, pois com a inauguração do espaço surgem outros desafios e apelou para que seja conservada e funcional.

“Por isso, fica o desafio, não só da manutenção física do que acabamos de inaugurar, mas fundamentalmente da actualização da informação para que os nossos compatriotas, longe da terra, possam saber do que se passa do outro lado do oceano”, reforçou.

Acrescentou, por outro lado, que espera também que a modesta infra-estrutura, situada dentro do Consulado Geral de Angola no Rio de Janeiro, possa servir de fonte de inspiração para os atletas olímpicos, presentes no maior evento desportivo do mundo.

O Vice-presidente da República esteve acompanhado do ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, do secretário de Estado para os Desportos, Albino da Conceição José, bem como do embaixador de Angola no Brasil, Nelson Cosme, e do cônsul-geral no Rio de Janeiro, Rosário de Ceita.

Manuel Vicente foi um dos convidados da cerimónia de abertura da 31ª edição da Era Moderna dos Jogos Olímpicos, realizada sexta-feira no Estádio do Maracanã, e onde Angola desfilou com uma delegação de 25 atletas, distribuídos pelo andebol feminino, vela, tiro aos pratos, remo, natação, judo e atletismo.

A Casa de Angola no Rio de Janeiro, inaugurada pelo Vice-presidente da República, possui auditório, sala administrativa, sector de imprensa, duas bibliotecas, duas salas de exposição, cinco banheiros, duas copas e dois depósitos.

http://www.angop.ao/angola/pt_pt/noticias/politica/2016/7/31/Rio2016-Manuel-Vicente-destaca-importancia-Casa-Angola-Rio-Janeiro,bdb31cbe-a7ac-409d-b2db-3ce93dd04684.html

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: