.
em foco...
PALOP

Bissau: ONU vai formar mulheres mediadoras na Guiné-Bissau

Bissau: ONU vai formar mulheres mediadoras na Guiné-Bissau –

Segundo noticias difundidas nesta quarta-feira pela Agência Angola Press as Nações Unidas vão criar uma Rede de Mulheres Mediadoras da Guiné-Bissau. O projecto pretende cobrir sobretudo as áreas rurais  e conta com mais de 100 pessoas já formadas e com 36 em formação nos próximos dias.Em conformidade com uma nota da ONU o projecto pretende também exercitar os participantes na participação de acções politicas sociais e económicas na família e nas comunidades de modo a dar uma melhor resposta a nível da  prevenção, gestão, resolução e mediação eficaz de conflitos nas zonas mais remotas”.

A actividade faz parte da resolução 1325 do Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre as Mulheres, Paz e Segurança. A resolução já foi aprovada há 16 anos e parte do reconhecimento das mulheres como agentes de mudança capazes de fazer muito mais se tiverem a oportunidade de se manifestar.

http://pt.radiovaticana.va/news/2016/07/14/bissau_onu_vai_formar_mulheres_mediadoras_na_guin%C3%A9-bissau/1244195

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: