.
em foco...
Economia, PALOP

Agricultura, energia, turismo e infraestruturas são as areas de cooperação entre Moçambique e Índia

Fotografia: AFP

O Presidente Filipe Nyusi afirmou ontem que a parceria existente entre Moçambique e Índia, virada para o desenvolvimento, vai gerar mais investimentos públicos e privados indianos nos diferentes domínios.

 

A parceria vai, por outro lado, promover a transferência de tecnologias, criação de emprego, melhoria das condições de vida das populações e, consequentemente, o desenvolvimento econômico dos dois países. Nyusi manifestou a convicção durante o almoço servido ontem, na Presidência da República, em Maputo, por ocasião da visita ao país do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, no âmbito de um périplo por quatro Estados africanos, designadamente, Moçambique, África do Sul, Tanzânia e Quénia.“Estamos certos que o futuro testemunhará o reforço do nosso relacionamento, alargando a cooperação para outras áreas de interesse comum, como o intercâmbio entre o sector privado indiano e o empresariado nacional, com vista a fortalecer iniciativas nas áreas da agricultura,  energia, turismo e infra-estruturas”, disse Nyusi.

http://jornaldeangola.sapo.ao/mundo/mocambique_e_india_consolidam_relacoes

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: