.
em foco...
PALOP, Política

União Européia impõe condições para desbloquear quatro milhões de euros a São Tomé e Príncipe

 

Comissão-Europeia-bandeiras-UEA União Europeia (UE) impôs ao governo são-tomense o cumprimento de “um conjunto de requisitos” como condição para desbloquear quatro milhões de euros ainda este ano, disse o ministro da Economia e Cooperação Internacional, Agostinho Fernandes.

Aquela verba faz parte do pacote de 20 milhões de euros acordado entre as duas partes em 2015 para serem desbloqueados até 2020, em parcelas anuais e variáveis, essencialmente para o desenvolvimento de projetos nos domínios da água e saneamento básico.

O governo são-tomense e a União Europeia (UE) iniciaram quinta-feira negociações para a libertação dos quatro milhões de euros, mas, segundo Agostinho Fernandes, as condições de Bruxelas condicionam a entrega, designadamente questões relacionadas com a gestão das finanças públicas e a atualização de alguns indicadores no domínio da água e saneamento básico.

A delegação da UE, chefiada por Helmut Kulitz, representante dos 28 em São Tomé, foi recebida hoje pelo primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada.

http://www.impala.pt/detail.aspx?id=232491&idCat=2059

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: