.
em foco...
PALOP, Política

“Estou pronta para ir para a luta” – Carmen Pereira em 1961


Carmen Pereira e Amílcar Cabral no tempo da luta d elibertação da Guiné-Bissau e Cabo Verde -:

Como é sabido, foi quarta-feira 8, a enterrar em Bissau, Carmen Pereira, figura histórica da luta de libertação da Guiné e de Cabo Verde. A ela dedicamos no domingo 12 de Julho a rubrica “África. Vozes Femininas”  em homenagem à sua vida e acção em prol da libertação e progresso da África. Fazemo-la repropondo aqui uma entrevista que ela concedera a Dulce Araújo, na Cidade da Praia, por ocasião do Simpósio Internacional Amílcar Cabral que se realizou de 9 a 12 de Setembro de 2004, na capital cabo-verdiana. Carmen estava ali em representação do PAICG, histórico Partido da Independencia dos dois países e que estava então no poder na Guiné-Bissau.Carmen Pereira4

Já de bengala, forte, e imponente, assim como também bonita, simpática e disponível a conversar, Carmén Pereira, falou dos cargos que teve no âmbito da luta de libertação, na Frente de combate, como comissária política e como encarregada de Saúde. Foi também membro do Conselho Superior e do Comité Executivo de Luta, funções que a prepararam para outras tarefas na Guiné independente. Mas nos limitamos nesta conversa ao seu percurso de guerrilheira entre 1961 a 1974. Casada já então e mãe de três filhos, entrou na luta por um simples episódio de curiosidade, como ela própria conta.Ela enaltece também o papel desempenhado pelas mulheres na luta de libertação.

 

http://pt.radiovaticana.va/news/2016/06/11/estou_pronta_para_ir_para_a_luta_-_carmen_pereira_em_1961_/1236609

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: