.
em foco...
PALOP, Política

ONU pede calma na Guiné-Bissau face à crise política e morte de veterana da independência

 bissau1

O Representante das Nações Unidas na Guiné-Bissau, Modibo Touré, pediu hoje aos líderes políticos e forças de segurança para “manterem a calma” perante a crise política e a morte da veterana da luta pela independência, Carmen Pereira.

“Neste momento de dor, onde as emoções estão à flor da pele, exortamos o povo da Guiné-Bissau, líderes políticos e forças de segurança a manterem a calma e dignidade”, referiu em comunicado.

Aquele responsável, recém-chegado ao país, endereçou “as mais profundas condolências” à família de Carmen Pereira e ao país.

A veterana faleceu no sábado, com 79 anos, vítima de uma indisposição súbita.

O funeral dividiu os dois governos da Guiné-Bissau, um empossado na última semana pelo Presidente da República, José Mário Vaz, e outro, o executivo cessante, que não reconhece a nova equipa.

A família de Carmen Pereira e o Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) anunciaram que as cerimónias fúnebres que hoje decorrem em Bissau foram organizadas pelo governo demitido a 12 de maio.

Vários dos seus membros continuam a ocupar de forma pacífica o Palácio do Governo, na capital, com forças de segurança a impedir entradas e passagem de mantimentos desde domingo.

Entretanto, o PAIGC requereu na sexta-feira ao Supremo Tribunal de Justiça que declare inconstitucional o novo governo, liderado por Baciro Djá, deputado dissidente do partido.

http://www.rtp.pt/noticias/mundo/onu-pede-calma-na-guine-bissau-face-a-crise-politica-e-morte-de-veterana-da-independencia_n924762

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: