.
em foco...
Angola, Economia

1ª reunião do Conselho de Administração da Sonangol E.P. reúne com operadoras em Luanda



1_primeiro_encontro_C.png
O Conselho de Administração da Sonangol E.P., sob direção da sua Presidente, Isabel dos Santos, manteve hoje, quinta-feira (09 de Junho), no edifício sede da concessionária angolana, em Luanda, uma reunião informativa com empresas petrolíferas a operar no país.
O encontro, o primeiro do gênero levado a cabo pelo atual Conselho de Administração da Sonangol E.P., teve como objectivo principal apresentar às operadoras os novos membros deste órgão diretivo da empresa, a essência da reestruturação da Sonangol E.P. e do sector petrolífero angolano, assim como as suas vantagens.
Durante a sessão foi realçada a arquitetura hierárquica do sector à luz da nova postura, o objectivo funcional de cada um dos novos entes, a necessidade de manutenção da normal operatividade com o mínimo de constrangimentos possíveis, a pretensão de um exercício com transparência e o incremento da rentabilidade.

Falando à imprensa no final da reunião, o Presidente da Comissão Executiva da Sonangol E.P., Paulino Jerónimo, considerou que, enquanto parceiros, as operadoras devem ter conhecimento do que está a ser planificado no âmbito da referida reestruturação.

A redução de custos de produção foi um dos aspectos que mereceu referência particular do PCE, pois, como afirmou, “este é um tópico actual e muito importante para a nossa indústria”. Ainda a este propósito, Paulino Jerónimo sublinhou que qualquer projecto petrolífero que seja feito neste momento em Angola não terá sucesso sem a redução de custos.

No que concerne à “transparência na gestão”, assunto igualmente abordado pelos jornalistas, a resposta foi dada pela Administradora Executiva da Sonangol E.P. Eunice de Carvalho: “Em termos de transparência, na nossa óptica está já a ser demonstrada. Eu acho que os vários comunicados que foram feitos, as várias apresentações já feitas ao público, foram todas com a intenção de partilharmos os planos para a maior empresa de Angola”.

O novo membro do Conselho de Administração acrescentou que o encontro hoje realizado também constituiu uma oportunidade para a Sonangol E.P. demonstrar, aos parceiros da empresa, a sua transparência. “Vamos continuar a trabalhar desta forma”, concluiu a Administradora.

Entretanto, reagindo à apresentação feita pelo CA da Sonangol E.P., o Director Geral da BP Angola, Darryl K. Willis, realçou a experiência que os novos membros do CA trazem para a petrolífera angolana e o seu otimismo em relação ao futuro.

“Angola tem grande potencial e a direção da empresa (Sonangol E.P.) pediu para trabalharmos juntos para conseguirmos alcançar este potencial, e como membro da indústria estou bastante encorajado e optimista”, disse Darryl Willis, garantindo que a BP vai continuar em Angola por muito mais tempo.

O Director Geral da Chevron, John Bahz, também corrobora da opinião segundo a qual o encontro foi muito proveitoso. John Bahz afirmou que a redução de custos, a transparência e a eficácia anunciados pela Sonangol E.P. são objectivos bons para Angola, que também estão alinhados com os da Chevron.

Para além da Presidente do Conselho de Administração e do Presidente da Comissão Executiva da Sonangol E.P., Isabel dos Santos e Paulino Jerónimo, respectivamente, participaram igualmente da sessão, todos os Administradores Executivos da concessionária nacional, bem como representantes das mais diversas companhias petrolíferas a exercer actividade em Angola.

 

http://www.sonangol.co.ao/English/News/Pages/NewsHome.aspx?NewsID=257

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: