.
em foco...
PALOP, Política

Dia da criança em Moçambique

CRIANCA

A Governadora da Cidade de Maputo depositou hoje uma coroa de flores na Praça dos Heróis da capital do país, em comemoração do Dia Internacional da Criança. Na sua intervenção, Iolanda Cintura destacou o acesso à educação e à saúde como principais desafios.

O momento foi acompanhado por várias crianças da capital do país. Sob o lema “Com a paz e estabilidade social garantimos a protecção dos direitos da criança”, a Governadora Iolanda Cintura defendeu a necessidade de garantir educação e saúde aos petizes, como direitos fundamentais. E Cintura não ficou alheia à necessidade de manutenção da paz, afinal, só assim as crianças poderão crescer num ambiente tranquilo e saudável.

As cerimónias centrais do Dia Internacional da Criança acontecem hoje no distrito de Ribauè, província de Nampula, e serão dirigidas pela Primeira-Dama, Isaura Nyusi.

A efeméride da criança é comemorada anualmente a 1 de Junho, tendo sido instituída pelas Nações Unidas, em 1950, como forma de homenagear as “flores que nunca murcham”.

http://opais.sapo.mz/index.php/sociedade/45-sociedade/41007-iolanda-cintura-diz-que-e-preciso-garantir-educacao-e-saude-a-todas-criancas.html

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: