Reunidos no âmbito da IX reunião dos ministros da Educação da CPLP os ministros lusófonos deram assim um passo significativo para operacionalizar o plano estratégico para o setor educativo.

No intuito de avançar no Plano de Ação de Cooperação Multilateral no Domínio da Educação da CPLP, os ministros deliberaram criar no prazo de 60 dias os grupos de trabalho que vão implementar as ações previstas para os próximos dois anos, até 2018.

Em particular, as equipas de trabalho vão preparar as Estatísticas da Educação da CPLP, elaborar o Glossário Técnico da Educação e Formação e desenvolver o Portal da Educação da CPLP – apresentado hoje em Díli.

A declaração final assinada pelos ministros recomenda agora aos Estados-membros que “mobilizem meios financeiros indispensáveis” para concretizar o plano de ação, mandatando o Secretariado Executivo da CPLP a “identificar fontes de financiamento externas”.

O texto assinado em Díli saúda Angola pelo início da aplicação do Diagnóstico relacionado com o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa e saúda o lançamento do Portal da Educação da CPLP, “enquanto espaço virtual de partilha e divulgação de informação sobre os sistemas educativos dos Estados membros e instrumento colaborativo de cooperação entre os Estados membros”.

Destacam ainda a primeira participação da República da Guiné Equatorial na Reunião de Ministros da Educação da CPLP, enfatizando “a necessidade de apoio específico para a capacitação de recursos humanos e a promoção da Língua Portuguesa neste Estado membro”.

Além do anfitrião, António da Conceição, ministro da Educação timorense, participaram na IX Reunião de Ministros da Educação da CPLP o ministro angolano da Educação Pinda Simão e Tito Mba Ada, representante permanente da Guiné Equatorial junto da CPLP.

Portugal esteve representado pelo secretário de Estado da Educação, João Costa, e São Tomé e Príncipe pelo ministro da Educação, Cultura e Ciência, Olinto da Silva e Sousa Daio, com o Brasil e Cabo Verde a terem delegações técnicas.

A Guiné-Bissau está ausente do encontro.

Ao encontro de hoje segue-se, na quarta-feira, a VII Reunião de Ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da CPLP, e onde estarão presentes quatro delegações ministeriais, entre elas do país anfitrião.

De Moçambique estará presente o ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional, Jorge Olívio Penicela Nhambiu, da Guiné Equatorial o ministro da Educação e da Ciência Jesús Engonga Ndong, e de e São Tomé e Príncipe pelo ministro da Educação, Cultura e Ciência, Olinto da Silva e Sousa Daio.

Neste caso estão previstas delegações técnicas do Brasil e Cabo Verde.

http://24.sapo.pt/article/lusa-sapo-pt_2016_05_24_1085525977_ministros-da-educacao-da-cplp-aprovam-plano-de-acao-e-pedem-mais-recursos-para-o-setor