.
em foco...
Crise humanitária, PALOP, Política

Marcelo em Moçambique com Frelimo e oposição

00000000000000000000000000

O presidente português foi recebido, esta quinta-feira, em Maputo com a presidente da Assembleia da República de Moçambique, numa reunião com representantes da Frelimo, mas também da Renamo e do MDM.

No final do encontro, o chefe de Estado português salientou essa presença, dirigindo-se para Verónica Macamo: “Vossa excelência quis estar acompanhada de representantes da Renamo, da Frelimo e do MDM, num sinal daquilo que verdadeiramente nós conhecemos também em Portugal, que é na nossa Assembleia da República termos representações de partidos que traduzem a vontade popular”.

A democracia constrói-se todos os dias. Não é uma construção fácil, mas é uma construção necessária, porque a pior das democracias é sempre melhor do que a melhor das ditaduras. E todos os dias se deve lutar para não haver a tentação de regressar à violência, à guerra, à divisão, à ditadura“, acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa.

Nesta reunião na Assembleia da República de Moçambique estiveram presentes os líderes parlamentares da Frelimo (Frente de Libertação de Moçambique), Margarida Talapa, da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), Ivone Soares, e do MDM (Movimento Democrático de Moçambique), Lutero Simango.

O Presidente português declarou que Portugal “acompanha o percurso de construção, que é complexo, da democracia moçambicana” e acredita que, apesar de “todos os sobressaltos”, há em Moçambique “uma ideia clara que é afirmar a paz, garantir a unidade do Estado, respeitar o pluralismo político, afirmar os direitos humanos, garantir o rigor financeiro e olhar para os objetivos sociais”.

Por sua vez, a presidente da Assembleia da República de Moçambique manifestou alegria pelo facto de o Presidente português “ter escolhido Moçambique como o primeiro país a visitar em visita de Estado”.

“Nós estamos aqui a acarinhar a paz, a fazer tudo o que é possível”, disse Verónica Macamo. “Sentimos que a nossa grande obrigação é de tudo fazermos para que haja entendimento”, acrescentou.

http://www.jn.pt/nacional/interior/marcelo-esteve-no-parlamento-com-frelimo-e-oposicao-5159082.html

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: