.
em foco...
PALOP

Cearenses são presos transportando 280 kg de cocaína em Cabo Verde

0000000000

Os quatro cearenses estavam com a droga dentro de um navio pesqueiro. Também foram presos um russo e um homem cabo-verdiano.
Quatro pescadores cearenses foram presos em um navio no Oceano Atlântico durante uma operação conjunta da Guarda Costeira e Polícia Judiciária de Cabo-Verde transportando 280 kg de cocaína. Além dos cearenses, também foram capturados um russo e um -cabo-verdiano. As prisões ocorreram durante a Operação Principe III, ocorrida no domigo
Uma outra embarcação de origem americana, que dava suporte ao navio pesqueiro que tinha os tripulantes cearenses, foi interceptada. No barco estrangeiro os policiais apreenderam 450 livros de combustível.
Conforme relatou a Polícia Judiciária de Cabo Verde, durante a operação foram realizadas buscas em diversas residências nas cidades de Praia, capital do país, e Assomada, que resultaram na apreensão de armas e munições de guerra, telefones satélites, 4 mil dólares, 24 mil euros e cerca de dois milhões de escudos cabo-verdianos, que é a moeda local.
Os homens detidos foram apresentados ao juiz competente do Tribunal Judicial da Comarca de Praia, onde foram autuados e passaram pelo primeiro interrogatório judicial.
Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O Observatório

Este observatório é uma iniciativa do Grupo de Estudos Africanos vinculado ao Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (GEA/IREL-UnB), que busca refletir sobre a vida política, social e econômica da África contemporânea, com destaque para sua inserção internacional. Preocupando-se com o continente marcado pela diversidade, o Grupo de Estudos Africanos, por meio do Observatório, propõe um olhar crítico e compreensivo sobre temas africanos, em suas mais diversas dimensões.
%d blogueiros gostam disto: